Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Saída de estrangeiro da Bolsa influencia na queda em 2011

Yolanda Fordelone

23 de maio de 2011 | 15h54

A saída do investidor estrangeiro da Bolsa de Valores de São Paulo é um dos motivos apontados pelo diretor da Título Corretora, Márcio Cardoso, para a queda de mais de 9% em 2011. “Neste ano houve uma redução forte da participação do investidor estrangeiro nesse mercado”, diz. Ele explica, porém, que os recursos não saíram do País, apenas foram realocados em investimentos mais interessantes, como renda fixa.

Neste momento, não adianta o investidor pessoa física, que já viu a carteira perder parte do valor, entrar em desespero e sacar os recursos, transformando a perda financeira em perda econômica. “O dinheiro que você coloca em Bolsa é para o longo prazo. Bolsa não é ambiente de curto prazo”, explica.

Ouça abaixo a entrevista completa a repórter Yolanda Fordelone:

Download

Tudo o que sabemos sobre:

açõesbolsa

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: