Após três quedas, Bovespa sobe 0,70% com alívio externo

Estadão

24 de abril de 2012 | 17h40

Alessandra Taraborelli, da Agência Estado

Depois de três quedas seguidas, hoje a Bovespa conseguiu encerrar em alta, após ficar de lado pela manhã. No período vespertino, o índice se firmou em território positivo e, no meio da tarde, atingiu novas máximas, embalado pelo avanço das ações da Vale, que vinham de uma performance negativa. No entanto, os papéis da mineradora não tiveram força para se manter no azul e terminaram em direções distintas. Amanhã, após o fechamento dos mercados, a Vale irá informar o seu resultado referente o primeiro trimestre do ano.

O Ibovespa encerrou com ganho de 0,70%, aos 61.971,14 pontos. Na mínima, o índice atingiu 61.380 pontos (-0,26%) e, na máxima, 62.001 pontos (+0,75%). No mês, a Bolsa acumula queda de 3,94% e, no ano sobe 9,19%. O giro financeiro ficou em R$ 6,301 bilhões. Os dados são preliminares.

O noticiário internacional foi mais tranquilo hoje, o que permitiu que as bolsas recuperassem parte das perdas da véspera. Na Europa, os leilões de bônus do governo da Holanda, Espanha e Itália foram bem recebidos e trouxeram alívio aos negócios.

Nos EUA, os indicadores vierem em direções divergentes, e os investidores preferiram dar maior relevância aos dados positivos, o que também ajudou no bom desempenho dos negócios. A exceção ficou para o Nasdaq, que caiu puxada pelas ações da Apple, que divulga balanço logo após o fechamento.

“A Bolsa vai continuar se movimentando em relação à Europa e, principalmente, em relação à China, que traz uma pressão adicional para a Bovespa, que é altamente dependente de commodities”, disse Eduardo Oliveira, da equipe de análise da UM Investimentos.

Entre as blue chips, Vale e Petrobrás fecharam sem direção única. O papel ON da mineradora subiu 0,23% e o PNA, ficou estável. Já a ação ON da petroleira registrou ganho de 0,23% e a PN caiu 0,19%.

Usiminas PNA caiu 0,97% – e figurou entre os destaques de queda do índice – e a ON, -0,34%. A siderúrgica informou ontem que registrou prejuízo líquido de R$ 37 milhões no primeiro trimestre de 2012, ante lucro de R$ 16 milhões no mesmo período do ano passado. Itaú Unibanco, que informou hoje lucro líquido de R$ 3,425 bilhões no primeiro trimestre do ano, queda de 3% ante igual período de 2011, também caiu (-1,07%).

Em Nova York, o índice Dow Jones subiu 0,58% e o S&P 500 ganhou 0,37%. Já o Nasdaq perdeu 0,30%.

Tudo o que sabemos sobre:

Bovespa

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.