Bolsa de Londres cai 0,46%, conduzida por mineradoras e bancos

Estadão

29 de agosto de 2012 | 09h34

Clarissa Mangueira, da Agência Estado

A Bolsa de Londres opera em queda, em linha com outros índices acionários europeus, conduzida principalmente por ações de bancos e mineradoras. Às 8h50 (de Brasília), o índice FTSE 100 recuava 0,46%.

No setor de mineração, Rio Tinto (-2,73), Anglo American (-2,09%), Vedanta Resources (-1,66%), Xstrata (-1,63), BHP Billiton (-1,04) e Antofagasta (-0,44), pressionadas por notícias e balanços corporativos e pela queda dos preços dos metais.

A mineradora Antofagasta disse que seu lucro líquido atribuível a acionistas caiu 7,2% no primeiro semestre do ano, para US$ 646 milhões, em relação ao mesmo período do ano passado.

O Norges Bank Investment Management, administrador do fundo de riqueza soberana da Noruega, comprou mais de US$ 500 milhões em ações da Xstrata, enquanto tenta ganhar vantagem para demonstrar sua oposição a uma proposta de fusão com a Glencore International, reportou o jornal Financial Times.

Mais cedo na sessão, o contrário do cobre para três meses negociado na London Metal Exchange (LME) recuava 0,8%,para US$ 7.550,00 a tonelada.

No setor bancário, as ações do Barclays perdiam 1,67%, Royal Bank of Scotland Group caía 1,55% e HSBC Holdings declinava 1,15%.

Com informações da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:

bolsaslondres

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.