coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Bolsas asiáticas fecham em alta após ganhos em Wall Street

Estadão

11 de abril de 2013 | 08h53

Lucas Hirata, da Agência Estado

TÓQUIO – Os mercados de ações da Ásia fecharam majoritariamente em terreno positivo nesta quinta-feira, após altas recordes em Wall Street.

Na quarta-feira, o índice Dow Jones atingiu sua máxima histórica de fechamento. As ações avançaram após a divulgação da ata da última reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) do Federal Reserve. O documento mostrou que o banco central não estava com pressa para reduzir o seu programa de compra de bônus, embora tenha ocorrido um debate sobre quando deve terminar o estímulo.

O índice Kospi Composto, da Coreia do Sul, subiu 0,7%, para 1.949,80 pontos, apesar de o Banco da Coreia ter surpreendido o mercado ao manter a taxa básica de juros inalterada em 2,75%. Quatorze dos 19 analistas consultados pela Dow Jones haviam previsto que o banco central cortaria a taxa em 25 pontos base.

Na China continental, as ações fecharam em queda. O índice Xangai Composto caiu 0,3%, para 2.219,55 pontos e o índice Shenzhen Composto recuou 0,3%, para 919,12. Analistas disseram que apesar dos dados sobre o crescimento do crédito no país, as perspectivas sobre os lucros das empresas e o crescimento das receitas ainda não estão claras e podem pesar sobre o sentimento dos investidores no médio prazo.

No Japão, o Nikkei avançou 2%, para 13.549,16 pontos, após uma alta de 0,7% na sessão anterior. O índice fechou na máxima da sessão e atingiu o maior nível desde 24 de julho de 2008.

As informações são da Dow Jones.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: