Bolsas da Ásia encerram semana sem sinal definido

Estadão

21 de setembro de 2012 | 08h16

Antonio Rogério Cazzali e Ricardo Criez, da Agência Estado

Os mercados asiáticos fecharam com resultados distintos nesta sexta-feira.

Em Tóquio, as compras em ações defensivas, como Japan Tobacco, foram complementadas com entusiasmo pelas varejistas de telefone celular Softbank e KDDI, influenciadas pelo início das vendas do iPhone5, da Apple. O sentimento altista foi suficiente para ofuscar a desvalorização do euro e a forte queda nos papéis da Japan Airlines. O Nikkei adicionou 23,02 pontos, ou 0,3%, e terminou aos 9.110,00 pontos, após queda de 1,6% na sessão de quinta-feira. Na semana, o índice recuou 0,5%, mas segue em alta de 0,3% em setembro e de 7,7% no ano.

A Bolsa de Hong Kong teve alta, com a presença de investidores em busca de ofertas de ocasião, após a queda de 1,2% na véspera, por causa do fraco PMI da China. O Hang Seng subiu 0,7% e terminou aos 20.734,94 pontos – na semana, o índice avançou 0,5%. Cnooc ganhou 0,6%. Li & Fung teve o pior desempenho entre as blue chip, ao baixar 2.6%.

Na China, a Bolsa de Xangai fechou estável. As crescentes preocupações sobre o crescimento econômico e a alta na liquidez pressionaram os ganhos em ações retardatárias, como dos setores minerador e elétrico. O Xangai Composto ganhou apenas 0,1% e encerrou aos 2.026,69 pontos – na semana, contudo, o índice acumulou queda de 4,6%, a maior perda semanal desde o final de outubro. O Shenzhen Composto recuou 0,7%, aos 834,15 pontos. Shanxi Coking subiu 2,1%. Huaneng Power saltou 4,2%. Entre os bancos peso pesado, a Agricultural Bank of China baixou 0,8%.

Em Taiwan, a Bolsa de Taipé fechou em alta, acompanhando os ganhos na maioria dos mercados asiáticos após as medidas de estímulo à economia anunciadas pelos bancos centrais. O índice Taiwan Weighted subiu 0,35%, aos 7.754,59 pontos. As ações da TSMC, Hon Hai e HTC tiveram ganhos de 0,5%, 0,8% e 3,6%, respectivamente.

Do mesmo modo que em Taiwan, na Coreia do Sul, a Bolsa de Seul terminou o pregão em alta. O índice Kospi subiu 0,60%, aos 2.002,37 pontos. As ações da Samsung Electronics se recuperaram das perdas recentes e ganharam 1,17%. Já a Hyundai Motor perdeu 0,41%, enquanto a siderúrgica Posco avançou 0,93%.

Na Austrália, a Bolsa de Sydney fechou em alta, estimulada por Wall Street. Entretanto, o clima foi de consolidação após a euforia do anúncio de relaxamento monetário pelo Fed. O índice S&P/ASX 200 avançou 0,25%, aos 4.408,30 pontos. As blue chips Westpac, Woolworths e Goodman tiveram ganhos entre 1,1% e 3,3%.

Já a Bolsa de Manila, nas Filipinas, sofreu nova retração devido à realização de lucros. O índice PSEi caiu 0,2%, aos 5.292,06 pontos, com moderado volume de negociações. Entre as blue chips, Philex Mining desabou 6,4%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:

Ásiabolsas

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.