Bolsas da Ásia fecham em baixa à espera de reunião da UE

Yolanda Fordelone

28 de junho de 2012 | 08h19

A maioria dos mercados asiáticos terminou no campo negativo nesta quinta-feira. Os investidores da região evitaram apostas agressivas à espera da reunião de cúpula da União Europeia, que começa hoje em Bruxelas. As bolsas também reagiram a fatores locais.

Este foi o caso na Bolsa de Hong Kong, que reagiu também no embalo baixista da Bolsa de Xangai, devido às persistentes preocupações sobre a desaceleração da economia chinesa. O Hang Seng caiu 0,8% e terminou aos 19.025,27 pontos. Entre os peso pesados, Banco Industrial e Comercial da China (ICBC) recuou 1,6%, China Coal perdeu 2,9% e Tencent deslizou 2,8%.

O Nikkei, porém, ganhou 143,62 pontos, ou 1,7%, e terminou aos 8.874,11 pontos, após subir 0,8% na sessão de quarta-feira – foi o melhor resultado desde 17 de maio. O volume de negociações subiu ligeiramente para 1,7 bilhão de ações. A Bolsa de Tóquio fechou em alta acentuada nesta quinta-feira, com os sólidos ganhos nas bolsas europeias e norte-americanas, a estabilidade no câmbio e a alta nos preços do petróleo.

As informações são da Dow Jones.

(Ricardo Criez e Roberto Carlos dos Santos, da Agência Estado)

Tudo o que sabemos sobre:

açõesÁsiabolsa

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.