Bolsas da Europa reduzem alta após dado fraco; investidores esperam leilão da Itália

Yolanda Fordelone

29 de dezembro de 2011 | 08h14

As bolsas europeias recuaram das altas apresentadas mais cedo após a divulgação de dados do Banco Central Europeu (BCE) que mostraram que o crescimento da oferta monetária na zona do euro se desacelerou em novembro, junto com um esfriamento da atividade de empréstimos no setor privado. O BCE informou que a oferta monetária M3 teve alta anual de 2,0% em novembro, abaixo da alta de 2,6% em outubro.

Além disso, as ações dos bancos perderam força à medida que aumentou a cautela dos investidores antes do leilão de bônus da Itália, previsto para em torno das 8h (de Brasília). Operadores dizem que esse será um teste para o apetite dos mercados a dívidas de maior risco.

Às 7h45 (de Brasília), Londres subia 0,19%, Paris avança 0,18%, Frankfurt ganhava 0,51% e Milão tinha alta de 0,09%. No mercado de câmbio, o euro caía para US$ 1,2916, de US$ 1,2940 no fim da tarde de ontem, enquanto o dólar recuava para 77,77 ienes, de 77,94 ienes. As informações são da Dow Jones.

(Danielle Chaves, da Agência Estado)

Tudo o que sabemos sobre:

bolsaeuropa

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.