Bovespa abre terça-feira em alta

Yolanda Fordelone

27 de setembro de 2011 | 10h03

O noticiário ainda confuso, mas aparentemente positivo na Europa, anima os investidores nesta terça-feira. As bolsas da região sobem, assim como a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que registrou alta de 0,02% na abertura, a 53.760 pontos.

Ontem, a União Europeia sinalizou um novo pacote de socorro ao continente. No mesmo dia, porém, o ministro de finanças da Alemanha desmentiu a informação e disse que o país continua contrário a ampliação dos recursos do Fundo Europeu de Estabilização Financeira (Feef).

Hoje, o assunto voltou a ser pauta do dia. A chanceler alemã Angela Merkel ressaltou a importância do Parlamento europeu aprovar mudanças no fundo de resgate e destacou ser contra a introdução de outros programas de estímulo econômico.

“Eu diria que o mercado observa uma ação dos agentes da União Europeia para resolver a questão da Grécia”, afirma o diretor da corretora Geral, Ivanor Torres. “O plano deve sair logo. O mercado na verdade está antecipando o surgimento dessa solução”, afirma. Torres pondera, porém, que nos próximos dias algo deve ser anunciado para que a alta persista. Caso contrário, a expectativa negativa voltará a dar o tom das bolsas.

Na Europa, as bolsas operam em alta. “Na média, estão subindo entre 3% e 4%”, diz. No horário, Londres avançava 3,06%, Frankfurt, 4,26%, Paris, 4,14%, e Madri, 2,55%.

Na Ásia, o dia também foi de alta. A Bolsa de Tóquio ganhou 235,82 pontos, ou 2,8%. A Bolsa de Hong Kong avançou 4,2%. Na china, O índice Xangai Composto ganhou 0,9%.

Tudo o que sabemos sobre:

açõesBovespa

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.