Bovespa renova máximas do dia favorecida por exterior e elétricas

Estadão

23 de novembro de 2012 | 13h24

Fabrício de Castro, da Agência Estado

A Bovespa renovava máximas há pouco, em sintonia com o clima positivo nos mercados de ações no exterior e favorecida pela alta dos papéis do setor elétrico. Operador ouvido pela Agência Estado afirmou que ações importantes para o Ibovespa, como os de Petrobrás e Vale, reagiram positivamente a uma melhora do S&P Futuro em Nova York. Às 13h22 (horário de Brasília), o Ibovespa subia 1,24%, aos 57.149 pontos.

Além disso, a atuação do Banco Central no mercado de câmbio brasileiro, por meio de leilão de swap cambial (equivalente à venda de dólar no mercado futuro), fez a moeda americana cair, o que também ajudou no movimento de alta da Bovespa. Outro profissional destacou o desempenho dos papéis de companhias elétricas.

“Eles estavam tão achatados que, hoje, criou-se um espaço para compra”, comentou.

Tudo o que sabemos sobre:

Bovespa

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.