Dólar não dá trégua e abre semana em alta

Estadão

19 de agosto de 2013 | 11h04

Luciana Antonello Xavier e Silvana Rocha, da Agência Estado

SÃO PAULO – O dólar não perdeu a força vista na sexta-feira, quando chegou a bater R$ 2,39 na cotação máxima, e abriu a semana em nova valorização, cotado a R$ 2,4070 (+0,63%). Às 11h00, a moeda  subia 0,17%, a R$ 2,396. Na máxima atingiu R$ 2,41.

O Banco Central voltou a intervir no mercado, anunciando um leilão de swap cambial (venda de dólar no mercado futuro), das 9h40 às 9h50, com oferta de até 40 mil contratos com dois vencimentos.  Foram negociados 26.300 contratos com vencimento em 01/11/2013, no valor de US$ 1,311 bilhão, e 13.700 papéis para 01/04/2014 (US$ 676,4 milhões). A venda da moeda no mercado futuro ajuda a diminuir a cotação no mercado à vista.

O viés positivo do dólar acompanha principalmente o desempenho favorável da moeda norte-americana em relação a algumas divisas correlacionadas a commodities no exterior, disse um operador de tesouraria de um banco.

Segundo a fonte, a perspectiva do segundo leilão de rolagem de swap cambial hoje não mexe diretamente com a formação inicial de preço, porque não representa uma oferta nova desses contratos. “Se o sinal de alta da moeda se ampliar acentuadamente depois dessa operação, a exemplo de sexta-feira, a autoridade poderá fazer outra intervenção, seja com swap novo ou através de leilão de linha com recompra”, cogitou um operador de corretora de câmbio.

Tudo o que sabemos sobre:

dólar

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.