Dólar sobe a R$ 1,84 após alerta de BC da Grécia

Bianca Pinto Lima

23 de novembro de 2011 | 10h45

Temores sobre o futuro da Grécia trazem mais nervosismo ao mercado nessa quarta-feira. Às 10h43, o dólar comercial é negociado em alta de 1,94%, a R$ 1,8400. Ontem, a moeda norte-americana fechou estável, cotado a R$ 1,806.

Hoje, o banco central da Grécia veio a público piorar o que já não estava bom. A instituição levantou a possibilidade de que o país venha a sair da zona do euro, fez a avaliação de que a dívida pública deixou de ser sustentável, estimou quedas no Produto Interno Bruto (PIB) de pelo menos 5,5% em 2011 e 2,8% em 2012, previu alta na atividade de somente 1% em 2013 e, ainda, alertou que um recuo descontrolado da economia não está descartado.

Arrematando os prognósticos do relatório prévio de política monetária para 2011, o banco central grego analisou que o mais recente pacote de ajuda de 130 bilhões de euros liderado pela União Europeia é a última chance para o país cumprir seu programa de reformas.

O Banco da Grécia pode até ter carregado nas tintas para pressionar a União Europeia e o Fundo Monetário Internacional (FMI) a liberarem os recursos, mas o mercado todo sabe a gravidade da situação do país, que detonou o estrago visto no restante da Europa, e isso passa a ser um detalhe. Por isso, o clima de negócios mostrou piora generalizada.

(Cristina Canas, da Agência Estado)

Tudo o que sabemos sobre:

Rebaixamento dos EUA; Bolsas despencam

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.