Espanha vende mais títulos do que o pretendido em leilão

Estadão

13 de dezembro de 2011 | 08h41

O Tesouro da Espanha vendeu € 4,941 bilhões em títulos de 12 e 18 meses em um leilão nesta manhã – um valor acima da faixa entre € 3,25 bilhões e € 4,25 bilhões pretendida. Os yields (retorno ao investidor) foram mais baixos do que os do leilão anterior, realizado em 15 de novembro.

O yield dos bônus espanhóis de 2 anos reagiram bem ao resultado da venda, caindo 12 pontos-base, para 4,27%, de 4,29% antes do leilão.

Foram vendidos € 3,443 bilhões em títulos de 12 meses, com yield máximo de 4,088%, em comparação com 5,200% no leilão anterior. As propostas feitas pelos papéis somaram € 10,825 bilhões e a taxa entre ofertas feitas e aceitas (bid-to-cover) subiu para 3,14, de 2,13 no outro leilão.

Em títulos de 18 meses foi vendido um volume de € 1,498 bilhão, com yield máximo de 4,250%, abaixo de 5,320% no leilão anterior. A oferta atraiu demanda de € 7,453 bilhões e a taxa bid-to-cover ficou em 4,97, de 5,96 anteriormente.

Grécia

A agência de gestão da dívida pública da Grécia vendeu hoje 1,625 bilhão de euros em um título de 26 semanas. Essa quantia inclui uma tranche não competitiva de 30% e está em linha com a venda planejada.

A agência recebeu 3,66 bilhões de euros em ofertas e a relação entre ofertas feitas e ofertas aceitas (taxa bid to cover) ficou em 2,93, de 2,91 no leilão anterior desses títulos. O yield ficou em 4,95%, levemente acima da marca de 4,89% registrada no leilão anterior. As informações são da Dow Jones.

(Álvaro Campos e Danielle Chaves, da Agência Estado)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.