Investidores vendem ações e Bovespa cai; dólar sobe para R$ 2,23

Estadão

19 de julho de 2013 | 12h16

Olívia Bulla

A Bovespa volta a ensaiar uma realização de lucros durante esta sexta-feira, 19, após ampliar os ganhos recentes ontem e esticar a recuperação engatada nesta semana. O comportamento lateral dos mercados internacionais, em meio aos balanços decepcionantes de empresas do setor de tecnologia, contribui para um embolso da alta superior a 4% verificada desde segunda-feira. Às 12h12, o Ibovespa caía 0,45%, aos 47.445 pontos. No mesmo horário, o dólar operava em alta de 0,40%, a R$ 2,236.

O pedido de falência decretado pela cidade norte-americana de Detroit, por causa de uma dívida perto de US$ 18 bilhões, também afetam os negócios com risco. A inesperada notícia feita por uma grande cidade dos EUA e que já foi conhecida como uma dos maiores polos da indústria automotiva do mundo pode servir como um lembrete de que a recuperação da economia norte-americana está sujeita a solavancos no caminho.

Já do outro lado do mundo, o Banco Central da China (PBoC) anunciou que vai eliminar todas as medidas de controle sobre a taxa de fornecimento de empréstimos e deixará que as instituições financeiras estabeleçam as taxas de maneira independente, eliminando o piso e visando reduzir os custos de financiamento. A decisão embala as moedas correlacionadas às commodities, que ganham terreno ante o dólar, e também pode ser refletida nos negócios com ações da Vale.

Aliás, no noticiário doméstico, as “empresas X”, de Eike Batista, permanecem no radar diante de novas informações sobre dívidas e empréstimos com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), além de artigo do empresário publicado na imprensa nacional. No texto, Eike Batista diz que “se pudesse voltar no tempo, não teria recorrido ao mercado de ações”.

Do lado macroeconômico, o IBGE informou que o IPCA-15 desacelerou a alta em julho, ficando em 0,07%, ante avanço de 0,38% em junho. O resultado ficou dentro do intervalo das estimativas coletadas pelo AE Projeções e levemente abaixo da mediana, de 0,09%.

Tudo o que sabemos sobre:

Bovespadólar

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.