Itália paga maior juro em títulos públicos desde a criação do euro

Estadão

14 de dezembro de 2011 | 12h25

O Tesouro da Itália vendeu nesta quarta-feira, 14, 3 bilhões de euros em um bônus de cinco anos – a quantia máxima pretendida – mas teve de pagar um yield de 6,47%, o maior nível desde a implementação do euro. No leilão anterior desse tipo de dívida, realizado no dia 14 de novembro, o yield tinha ficado em 6,29%.

A demanda pelo título, que vence em setembro de 2016, também caiu. O Tesouro italiano recebeu 4,252 bilhões de euros em ofertas, sendo que a relação entre ofertas feitas e ofertas aceitas (taxa bid to cover) ficou em 1,42, de 1,47 na venda anterior.  Apesar do yield recorde pago no leilão, no mercado secundário os yields dos bônus de cinco anos estão ainda maiores, a 6,62%. As informações são da Dow Jones.

(Álvaro Campos, da Agência Estado)

Tudo o que sabemos sobre:

bônusitáliajuroyield

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.