Itália vende total de € 7,017 bi em bônus, dentro do planejado

Yolanda Fordelone

29 de dezembro de 2011 | 09h08

O Tesouro Italiano vendeu um total de € 7,017 bilhões em bônus de taxa fixa, ou BTP, e bônus de taxa flutuante indexados à Euribor de 6 meses, ou CCTeu, informou o Banco da Itália. O volume final ficou dentro da faixa pretendida, que ia de € 5 bilhões a € 8,5 bilhões. Os yields (retorno ao investidor) dos bônus com vencimento em 2014 e 2022 foram menores do que os oferecidos no leilão anterior.

Os títulos com vencimento em novembro de 2014 tiveram yield uniforme de 5,62% e os com vencimento em março de 2022 ofereceram yield uniforme de 6,98%, em comparação com 7,89% e 7,56% no leilão de 29 de novembro, respectivamente. Por outro lado, os bônus com vencimento em setembro de 2021 pagaram yield uniforme de 6,70%, acima de 5,77% no leilão de 13 de outubro, e os bônus com vencimento em abril de 2018 ofereceram yield de 7,42%, em comparação com 4,52% no leilão de 30 de agosto. As informações são da Dow Jones.

(Danielle Chaves, da Agência Estado)

Tudo o que sabemos sobre:

itálialeilão

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.