Tóquio sobe 1% com volume pequeno de negócios

Bianca Pinto Lima

26 de dezembro de 2011 | 07h56

A Bolsa de Tóquio subiu hoje em meio a volumes muito pequenos de ações negociadas, após a divulgação dos indicadores econômicos, a maioria deles positivos, nos EUA.

Além disso, houve um ligeiro retorno nos papéis da Canon e da Honda Motor, o que aguçou o apetite dos investidores pelo risco e ajudou a compensar a quedas das ações da Nomura Holdings.  

O índice Nikkei avançou 1,0%, aos 8.479,34 pontos, após a queda de 0,8% de quinta-feira. Os mercados permaneceram fechados na sexta-feira em virtude de feriado nacional. O volume global bateu a baixa de um ano, ao assinalar apenas 904 milhões de ações negociadas, um dia após o Natal, com os mercados dos EUA que permaneceram fechados.   

“Está ficando relativamente mais fácil correr riscos neste final do ano”, disse Hideyuki Ishiguro, supervisor de Estratégia de Investimento da Okasan Securities.   Na sessão desta segunda-feira, os grandes exportadores foram beneficiados, com a Fanuc, que assinalou ganhos de 2,9%, o mesmo ocorrendo à Kyocera, que adicionou 1,8%.

Além disso, as ações da Canon subiram 1,3%, enquanto que as da Honda ganharam 1,2%.   Aliás, a Canon foi beneficiada pelo relatório “Nikkei” na sexta-feira, dizendo que o pagamento de dividendos neste ano deverá se igualar ao recorde do ano passado, da ordem de 120 ienes (US$ 1,539) por ação. As informações da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:

Rebaixamento dos EUA; Bolsas despencam

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.