Canal de finanças no YouTube mostra a diferença entre IPCA+ e IPCA+ com juros semestrais

Canal de finanças no YouTube mostra a diferença entre IPCA+ e IPCA+ com juros semestrais

Canal Econoweek

07 de abril de 2019 | 09h34

Investindo no Tesouro Direto, você já deve ter deparado com as seguintes opções: Tesouro IPCA+ e Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais. Qual será que é melhor? Hoje, nós do Econoweek vamos te mostrar o que vale mais a pena para o seu perfil.

No Tesouro IPCA+, você receberá tudo, juros e principal, apenas no dia do vencimento do seu título.

Já no Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais, você receberá o principal apenas no dia do vencimento do seu título, mas os juros serão pagos a você semestralmente.

Há duas diferenças principais entre esses dois títulos de investimento em renda fixa.

A primeira diferença, que é muito importante mas pouca gente leva em conta, é que quanto mais tempo você deixa o seu dinheiro investido, menos imposto de renda você pagará. Dessa maneira, no investimento que paga juros semestrais, você pagará uma alíquota maior de IR. Aqui vale a máxima: quanto mais tempo você fica, menos imposto você paga.

Outra diferença fundamental vem do fato de que no investimento em que não se paga juros semestrais, o seu dinheiro continua sendo remunerado na totalidade, diferente daquele pagamento de juros da outra opção, que caso você queira, precisará reinvestir para ter maior retorno sobre o capital investido.

Para comparar os dois tipos de investimento, nós do Econoweek fizemos uma simulação de aplicação de R$ 1.000 iniciais em cada opção, mais R$ 100 por mês até 2024. Para fazer uma simulação com outros valores, acesso o Simulador do Tesouro Direto.

Na opção em que só se pode resgatar tudo de uma vez lá no prazo final, a remuneração foi 6,63% ao ano. Dessa maneira, foram investidos R$ 7.400 ao longo desse período, e você resgatará R$ 9.046 ao final de tudo.

No outro investimento, com cupons semestrais, a remuneração foi menor: 6,43% ao ano. Com os mesmos R$ 7.400 investidos no período, haveria um resgate simulado de R$ 8.600. É uma diferença de R$ 400 reais nesse período.

Mas isso significa que o IPCA semestral não vale a pena? Não! Ele continua sendo uma boa opção para quem precisa ou prefere ser remunerado periodicamente, colhendo os frutos de seu investimento antes do que a outra opção possibilitaria.

Por sua vez, se você não precisa dessa remuneração periódica, invista no “IPCA cheio”, como as vezes é chamado, pois assim você terá uma remuneração melhor ao final do vencimento de sua aplicação.

Gostou dessa dica? Conta pra gente aqui nos comentários, ou pode ir até o nosso canal do YouTube, ou mesmo no nosso Instagram. A gente sempre compartilha muito conhecimento sobre economia, finanças e investimentos. Afinal, o conhecimento é sempre uma saída!

Tendências: