Estereótipos de times de futebol

Estereótipos de times de futebol

Canal Econoweek

25 Maio 2018 | 05h00

Estamos em um blog de economia e esse texto falará de futebol? É isso mesmo! Economia é uma ciência humana e dentre as diversas atividades, a economia tem que entender os diferentes perfis sociais e humanos. Por isso hoje vamos trabalhar com dados para ver ser os clichês do futebol fazem sentido ou não fazem.

Apesar do número de torcedores de futebol estar diminuindo no Brasil, quase todo brasileiro tem um time de preferência. Ou seja, com certeza todos já ouviram alguma brincadeira a respeito do seu time, e às vezes até preconceituosa.

Assim, nós, do Econoweek, no texto a seguir e no vídeo abaixo, tentamos averiguar alguns desses estereótipos. Para tal usamos os dados da pesquisa do Datafolha chamada Futebol e Copa do Mundo.

As perguntas que tentaremos responder hoje são:

O torcedor corintiano é de baixa renda?

O Santos é time de idoso?

A torcida do Flamengo é maior no Norte e Nordeste do que no Sudeste?

Vale lembrar que se trata de uma pesquisa, ou seja, amostral, e tem suas limitações, mas é interessante pra ver se pelo menos todos os estereótipos tem o mínimo de procedência.

Vamos à primeira: será que a torcida do Corinthians é constituída majoritariamente por pessoas de baixo poder aquisitivo?

De acordo com a pesquisa, 90% das famílias de torcedores corintianos recebe até 5 salários mínimos , ou seja, em sua grande maioria as famílias de torcedores corintianos recebe até cerca de 5 mil reais.

Dentre os citados na pesquisa apenas o Bahia tem um percentual maior do que esse do Corinthians. Cerca de 95% dos torcedores do Bahia se situam na faixa de renda familiar até 5 salários.

Obviamente existe mais de uma explicação plausível para isso. Nós gostamos da explicação histórica, que inicia na fundação do clube em 1910. Na época o Corinthians foi formado em sua maioria por operários e sendo transmitido de gerações em gerações a tradição. “… É o time do povo, é o Coringão”!

Adiante, verificamos se a torcida do Flamengo é maior no Norte e Nordeste do que no Sudeste, onde fica a sede do clube.

Conclui-se que isso também é verdade. Cerca de 50 % da torcida do Flamengo está localizada na região Norte e Nordeste, enquanto apenas 33% está na região Sudeste, e isso também tem mais de uma explicação.

Nós do Econoweek voltamos na história mais uma vez. As transmissões de jogos de futebol antigamente não eram regionalizadas como são atualmente. Nem no rádio e nem na televisão. Atualmente é possível assistir um BA-VI, um Clássico das Multidões ou um Clássico Rei, mas antigamente eram transmitidos via rádio os jogos da capital (lembrando que o Rio de Janeiro era capital do Brasil) e, com o advento da televisão, apenas os jogos do Rio de Janeiro eram televisionados nessas regiões.

Mas se fosse somente isso, todos os times do Rio teriam uma grande penetração no Norte e Nordeste. Acontece que a popularização da TV aconteceu na década de 80, e nessa era só deu Mengão. Eles ganharam praticamente tudo com um timaço que veio a ser base da seleção que por muitos é considerada a maior de todos os tempos. Além disso, o Galinho jogava lá. Por isso, nessa época a Urubuzada cresceu tanto.

Agora e por fim: o Santos é time de idoso?

Os dados dizem que sim. Enquanto os outros times têm, em média, 18% da torcida constituída por torcedores com idade superior a 60 anos, o Santos, também conhecido com Santástico, tem 31% dos seus torcedores com mais de 60 anos. Ou seja, o Santos tem uma torcida mais velha, sim! Mas claro que isso também tem uma explicação e mais uma vez é histórica.

Imagino que vocês já devem até imaginar! Trata-se uma explicação Real. O Rei Pelé jogou lá. Começou na década de 50 e parou na década de 70, ganhando todos títulos possíveis e arrebatando o um grande número de torcedores. Até mesmo torcedores de outros times iam aos jogos do Santos para ver o maior de todos o tempos jogar.

Hoje em dia em dia quem tem 60 anos viu, quando era criança, o Santos com o Rei no auge, exatamente na época que a gente decide para qual time vai torcer e esse pessoal envelheceu. Então dá pra entender porque a torcida do Santos é mais velha que as outras torcidas.

Os estereótipos dos times existem e por muitas vezes tem fundamentação história. Fica apenas a mensagem de não discriminação. Somos todos iguais. Brinque e se divirta com o futebol.