As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bancos lançam linha de crédito que antecipa restituição do IR

Antecipação é uma boa opção para quem tem dívidas com juros altos, como o cartão de crédito

Economia & Negócios

15 de março de 2017 | 12h07

A restituição do Imposto de Renda 2017 só começa em junho, mas quem estiver com o orçamento apertado pode recorrer à antecipação do valor com empréstimos bancários, que podem chegar a R$ 20 mil. Apesar da oferta tentadora, o cliente deve pesquisar as melhores taxas e condições para fazer um bom negócio.

Para o educador financeiro, Renato Roizenblit, da Planejar, antecipar a restituição só é válido para quem tem dívidas com juros altos, como cheque especial. No caso do rotativo do cartão de crédito, cujas regras mudam a partir de 3 de abril para limitar o uso da modalidade e reduzir o custo ao consumidor, antecipar o IR também é uma boa saída.

Levantamento feito no dia 3 de março pelo Procon-SP mostrou que a taxa média cobrada pelos bancos no cheque especial foi de 13,53% a.m. Já no empréstimo pessoal, a taxa média é de 6,40%. Participam da pesquisa os bancos Santander, Bradesco, Caixa, Banco do Brasil, Itaú e Safra.

As taxas cobradas pelos bancos na linha de crédito que antecipa o IR vão de 2% a 4,59% ao mês. No banco Itaú, em 2016, a quantidade de contratos teve aumento de 76% se comparado a 2015. No mesmo ano, a linha oferecida pelo Banco do Brasil desembolsou mais de R$ 500 milhões.

Mas não vale olhar só para as taxas. Roizenblit explica que é comum os contribuintes escolherem um banco onde não tem conta para antecipar o IR mas se esquecem de depositar na conta o custo de se vincular a uma outra instituição financeira.

Para contratação do crédito, o cliente deve apresentar cópia do recibo/protocolo de entrega da declaração de Imposto de Renda do ano base. O educador alerta que o contribuinte que cogita pegar essa linha de crédito tem de redobrar a atenção na hora de preencher a declaração. “O banco vai exigir o comprovante. Se tiver retificação tem que informar e, se tiver diferença no valor a ser restituído, negociar”

Ao todo, serão sete lotes de restituição, sendo o primeiro em 16 de junho e os outros em meados de cada mês, até dezembro. (Jéssica Alves)

Tudo o que sabemos sobre:

IR2017

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.