As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Dúvidas IR 2016: Indenização trabalhista e dependentes

‘Estado’ presta serviço de esclarecimento de dúvidas sobre o Imposto de Renda; as questões são respondidas pelo Sindifisco Nacional e podem ser enviadas por email ou WhatsApp

Bianca Pinto Lima

12 de abril de 2016 | 13h10

Nova-imagem

Confira abaixo as respostas de hoje às dúvidas dos leitores sobre o Imposto de Renda 2016. Os esclarecimentos são feitos pelos tributaristas do Sindifisco Nacional e as perguntas podem ser enviadas para imposto.renda@estadao.com ou para o WhatsApp (11) 94158-9679. Ao final, confira galeria que indica quem pode ser declarado como seu dependente no IR.

Em 2015 fiquei 92 dias de licença por acidente de trabalho e recebi pelo INSS. Como declaro esses valores?

Resposta: A indenização e os proventos de aposentadoria ou reforma recebidos em decorrência de acidente de trabalho são isentos. Lance o valor na ficha “rendimentos isentos e não tributáveis”, item 3.

Minha mãe tem 70 anos e recebeu de pensão por morte do INSS o valor de R$ 23.487,93. Posso inclui-la como minha dependente? E a diferença que ultrapassar o limite de R$ 22.499,13 eu posso incluir como renda tributável?

Resposta: Podem ser incluídos como dependentes pais, avós e bisavós que, em 2015, tenham recebido rendimentos, tributáveis ou não, até R$ 22.499,13. A inclusão na declaração de um dependente que receba rendimentos tributáveis sujeitos ao ajuste anual, de qualquer valor, obriga a que sejam incluídos tais rendimentos na Declaração de Ajuste Anual do declarante.

Tudo o que sabemos sobre:

Dependentesindenização trabalhista

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.