Nota Fiscal Paulista libera hoje valor recorde de R$ 930 milhões aos consumidores
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Nota Fiscal Paulista libera hoje valor recorde de R$ 930 milhões aos consumidores

Bianca Pinto Lima

15 de abril de 2013 | 15h42

A Nota Fiscal Paulista liberou nesta segunda-feira R$ 930,4 milhões aos consumidores, a maior quantia já devolvida desde o início do programa, em 2007. Os créditos são referentes às compras realizadas no segundo semestre de 2012.

VEJA TAMBÉM
Nem tudo é bônus na Nota Paulista

 Como declarar a Nota Paulista no IR?

Os usuários cadastrados no sistema podem transferir os créditos para uma conta corrente ou poupança de sua titularidade – os valores ficarão à disposição por cinco anos. Para isso, é necessário acessar o site da Secretaria da Fazenda, digitar o CPF ou CNPJ e a senha e solicitar a opção desejada.

As solicitações de resgate efetuadas no decorrer da semana serão creditadas na semana seguinte.

Também é possível reservar os créditos para abater do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) do próximo ano, mas essa opção estará disponível no sistema apenas no mês de outubro.

Atualmente, 14,7 milhões de consumidores estão cadastrados no programa, que já distribuiu R$ 6,8 bilhões desde outubro de 2007. O sistema é válido no Estado de São Paulo e devolve até 30% do ICMS recolhido pelo estabelecimento comercial aos consumidores que solicitam o documento fiscal.

Prêmios

Além da liberação dos créditos, o programa realiza sorteios periódicos. Cada R$ 100 em compras dá direito a um bilhete eletrônico. Em 53 sorteios realizados em seis anos, R$ 850,5 milhões foram distribuídos.

Para participar, o consumidor deve se cadastrar no site e aderir ao regulamento. As adesões até o dia 25 de cada mês permitem a participação no mês seguinte e nos próximos. Uma vez feito o processo não é necessário repeti-lo – a participação será automática.

Tudo o que sabemos sobre:

Nota Fiscal Paulista

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.