Receita deposita hoje dinheiro do segundo lote de restituição do Imposto de Renda
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Receita deposita hoje dinheiro do segundo lote de restituição do Imposto de Renda

Mais de um milhão de contribuintes serão beneficiados; no total, R$ 1,6 bilhão serão depositados em restituições do segundo lote do IR 2014

nayarasampaio

15 de julho de 2014 | 09h08

Além do 2º lote da restituição do IR 2014, seis lotes residuais serão depositados. Foto: Stock Xchng

Quem foi contemplado no segundo lote de restituição do Imposto de Renda 2014 receberá o dinheiro extra nesta terça-feira, 15. No total, 1.060.473 contribuintes receberão a restituição da Receita Federal, somando R$ 1,6 bilhão.

Também serão pagos seis lotes residuais de IRs passados (declarações que estavam retidas na malha fina e que agora foram liberadas) de exercícios entre 2013 e 2008. Com os lotes residuais, o valor total a ser depositado soma R$ 1,8 bilhão e o número de contribuintes beneficiados chega a 1.122.154.

Para saber se a restituição foi liberada, o contribuinte deve acessar o site da Receita ou ligar no Receitafone (146) e informar o número de CPF. Caso a restituição tenha sido liberada, mas não foi depositada, o contribuinte deverá ir a uma agência do Banco do Brasil ou ligar na central de atendimento: 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (para deficientes auditivos).

No site da Receita, além de checar a restituição, é possível acessar o Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC) e verificar se há alguma inconsistência nas declarações de Imposto de Renda, que tenha feito com que a pessoa entrasse na malha fina do Fisco.

O dinheiro da restituição fica disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate dentro do prazo, deverá fazer um requerimento pela internet, por meio do Formulário Eletrônico Pedido de Pagamento de Restituição ou diretamente no e-CAC.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: