As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Receita paga hoje o 5º lote de restituições do Imposto de Renda 2014

Lote também contempla devoluções residuais de 2008 a 2013, totalizando R$ 2,2 bilhões

Bianca Pinto Lima

15 de outubro de 2014 | 07h00

A Receita Federal paga nesta quarta-feira, 15, o quinto lote de restituições do Imposto de Renda da Pessoa Física 2014, além de valores residuais de 2008 a 2013.

No total, 2.031.834 contribuintes receberão R$ 2,2 bilhões. Em relação a 2014, o Fisco pagará R$ 2,1 bilhões a 2.001.743 pessoas físicas, com correção de 5,42%, correspondente à variação da taxa Selic (juros básicos da economia) entre maio e outubro deste ano.

Já em relação aos lotes de anos anteriores, 30.091 contribuintes receberão R$ 86,856 milhões. Os pagamentos terão as seguintes correções: 14,32% (para as declarações de 2013), 21,57% (2012), 32,32% (2011), 42,47% (2010), 50,93% (2009) e 63% (2008). Os índices equivalem à taxa Selic acumulada de maio do ano de entrega da declaração a este mês.

A relação dos beneficiados está disponível na página da Receita na internet. A consulta também poderá ser feita pelo telefone 146 ou por meio de tablets e smartphones com os sistemas iOS (Apple) ou Android.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais) e 0800-729-0001 (demais localidades). Nesse caso, o declarante terá de agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Malha fina. Por meio do sistema e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento do Fisco. Caso haja erros ou pendências, o contribuinte poderá fazer a autorregularização, com a entrega de declaração retificadora.

Pelo calendário da Receita Federal, ainda haverá mais dois lotes de restituição neste ano. Os pagamentos serão no dia 17 de novembro e 15 de dezembro.

Tudo o que sabemos sobre:

impostoderendaRestituição

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.