Taxa de juros para antecipar a restituição do IR varia de 1,57% a 2,99% ao mês
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Taxa de juros para antecipar a restituição do IR varia de 1,57% a 2,99% ao mês

Bianca Pinto Lima

29 de abril de 2013 | 19h37

De olho no número recorde de declarações do Imposto de Renda 2013, os bancos já colocaram no mercado linhas de crédito para antecipar a restituição.

A modalidade tem juros mais baixos, por ter menor risco de inadimplência, e pode ser alternativa para substituir dívidas no cheque especial, cartão de crédito e empréstimo pessoal. Este ano, a Receita Federal espera receber 26 milhões de documentos. O prazo de envio termina nesta terça-feira.

CONFIRA
Guia do IR: regras, prazos e novidades

Já enviou o IR? Veja se caiu na malha

Veja 15 documentos para ter em mãos 

É necessário, contudo, pesquisar bem as taxas, que variam muito no mercado, e ter certeza de que a declaração está em ordem. Se cair na malha fina, o contribuinte poderá se complicar com uma nova dívida. Na Caixa Econômica Federal, o juro é a partir de 1,57% ao mês, enquanto no HSBC chega a 2,99%.

O consumidor também deve se preparar para a possibilidade de receber a restituição apenas no último lote e, portanto, pagar mais pelo empréstimo.

Ao todo, serão sete lotes de restituição este ano, com início em junho e término em dezembro. Quanto antes o documento for entregue à Receita Federal, mais cedo vem o crédito e mais rapidamente o contribuinte poderá quitar o possível empréstimo.

Tudo o que sabemos sobre:

Imposto de RendaReceita Federal

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.