Uma Leica de R$ 50 mil

O modelo mais sofisticado das câmeras Leica está sendo lançado na Europa. É a Leica S2, que reúne luxo, design e todos os avanços tecnológicos da era digital. Seu preço poderá ser superior a R$ 50 mil, no Brasil.

Ethevaldo Siqueira

23 de março de 2010 | 21h08

Você já imaginou uma câmera fotográfica digital que poderá custar, em moeda brasileira, mais de R$ 50 mil? Pois é. Assim será a Leica S2, que está sendo lançada na Europa, mas que só será comercializada a partir de outubro. Pelo menos em preço, ela supera os modelos mais sofisticados de câmeras famosas, como as Hasselblat ou Nikon.

Apenas o corpo de uma Leica S2 custará US$ 23 mil. Com a lente zoom de 180 mm, seu preço chega a US$ 30 mil. Só o carregador de bateria custa US$ 400.

Por que é tão cara essa câmera? Em primeiro lugar, por seu avanço tecnológico, sofisticação de componentes e sua sensibilidade incrível, de 37,5 megapixels, com sensor de 30 por 45 mm. Em segundo lugar, por um fator puramente subjetivo, que é o prestígio de sua marca, uma griffe entre os profissionais de fotografia.

A Leica S2 foi apenas apresentada à imprensa e ao público europeu. O jornal inglês Financial Times fez um teste com ela e mostrou alguns de seus recursos. Para os fotógrafos mais exigentes e apaixonados pelo nome Leica, a S2 é como uma Ferrari das câmeras. Ou, talvez, uma Rolls-Royce.

(Mais tecnologia: www.ethevaldo.com.br)

Tudo o que sabemos sobre:

câmera digitalLeicaluxo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.