Falcão por falcão?

Fernando Dantas

31 de março de 2010 | 13h31

O novo diretor de Política Econômica do BC, Carlos Hamilton, pode estar entre os três que votaram (e perderam) pela alta da Selic de 0,50 na reunião de março. É o que me disse mais de um observador qualificado do Copom. É claro, como admitem essas fontes, que isso é especulação, porque os votos da reunião são secretos, e a turma do BC, tanto quanto se sabe, segue os protocolos. Mas a mensagem é a de que Hamilton, que é funcionário de carreira do BC, está longe de ser um pombo, o que significa que a sua entrada no lugar do falcão Mario Mesquita preserva o caráter mais conservador desse importante cargo do BC – uma espécie de “economista-chefe” do Copom, na definição de um ex-participante.

Tudo o que sabemos sobre:

2010BrasilPolítica Econômica

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.