Sem reforma, sem desenvolvimento

O custo de não mudar (ou mudar menos do que o necessário) a Previdência é muito alto, como mostra a experiência brasileira dos últimos 20 anos. Será que daqui a 20 anos teremos que aprender a mesma lição? Minha coluna no Estadão na sexta-feira, 7/4/17.