Londres anuncia metrô 24 horas a partir de setembro de 2015

Londres anuncia metrô 24 horas a partir de setembro de 2015

Cinco linhas da capital britânica passarão a funcionar 24 horas; prefeitura prevê criação de 2 mil novos empregos e impacto econômico de £ 360 milhões

Fernando Nakagawa / Twitter @fnakagawa

24 de setembro de 2014 | 15h08

Pela primeira vez em 150 anos, o metrô de Londres passará a funcionar 24 horas. A partir de 12 de setembro de 2015, os trens vão circular sem descanso nos fins de semana em cinco linhas. A iniciativa deve criar 2 mil empregos e promete gerar £ 360 milhões – cerca de R$ 1,4 bilhão – em riqueza à economia da cidade nos próximos 30 anos.

london-tube
High five. Cinco linhas funcionarão 24 horas nos fins de semana / Reuters

Os trens circularão ininterruptamente da abertura das estações no início da manhã de sexta-feira até o fim da noite de domingo em cinco linhas: Central, Jubilee, Northern, Piccadilly e Victoria. Durante a madrugada, serão pelo menos seis trens por hora – um a cada dez minutos. As linhas ligam especialmente as regiões norte, sul e oeste com o centro. Circularão, inclusive, trens até o aeroporto de Heathrow, o principal do Reino Unido e que fica no extremo oeste da cidade.


Mind the gap. Trens irão até o aeroporto de Heathrow na madrugada / TfL

Estimativa feita pela consultoria Volterra Partners a pedido da Transport for London (TfL), empresa que administra o sistema de transportes, diz que serão feitas 180 mil viagens a cada madrugada entre 0h30 e 6h. Desses deslocamentos, cerca de metade será composta por novos passageiros – ou seja, pessoas que passarão a ficar até mais tarde na rua ou sairão de casa de madrugada graças às estações abertas. A outra metade deve migrar dos ônibus noturnos e dos táxis.

Britain's Prince Charles drives a London Underground tube train built for the Metropolitan line at the Bombardier factory in Derby
Alegria para baladeiros, turistas e trabalhadores de bares e restaurantes / Reuters

Com a medida, Londres se junta ao grupo de outras grandes capitais mundiais como Nova York, Chicago e Berlim que também contam com metrô 24 horas. Segundo o prefeito de Londres, Boris Johnson, a ampliação dos horários só foi possível após pesado investimento para modernizar a rede. Anualmente, são destinados cerca de £ 1,3 bilhão – cerca de R$ 5 bilhões – ao sistema de transporte sobre trilhos da capital britânica. No Brasil, nenhum metrô funciona 24 horas. Em São Paulo, os trens circulam durante a madrugada só em ocasiões especiais como a Virada Cultural.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: