Força de Expressão

Bianca Pinto Lima

27 de abril de 2011 | 18h19

“(A desaceleração do crédito) indica que está funcionando a gestão mais abrangente da política monetária do governo, que não se restringe só à alta da Selic, mas também a medidas macroprudenciais e ao aumento de compulsórios.”

Braulio Borges, economista-chefe da consultoria LCA, comentando os dados das operações de crédito em março, divulgados pelo Banco Central.

27 de abril de 2011

Leia aqui a íntegra da matéria

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.