coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Força de Expressão

nayarasampaio

15 de abril de 2013 | 14h32

“A existência de uma tributação sobre medicamentos é, por si só, algo tortuoso. O brasileiro já paga uma alíquota elevada de Imposto de Renda, então seria obrigação do Estado subsidiar esses itens”

Adolpho Bergamini. Advogado e professor universitário comenta a tributação dos remédios. Levantamento mostra que o analgésico Dorflex, o medicamento mais vendido no País, tem 27% de imposto embutido em seu preço

15 de abril de 2013

Leia mais:
Remédio mais consumido no País, para dor de cabeça, paga imposto de 27%

Tudo o que sabemos sobre:

Impostosremédiotributação

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: