Força de Expressão

nayarasampaio

16 de maio de 2013 | 16h43

“O Banco Central está vigiliante e fará o que for necessário, com a devida tempestividade, para colocar a inflação em declínio no segundo semestre e assegurar que essa tendência persista no próximo ano”

Alexandre Tombini, presidente do BC, reforçou, contudo, a avaliação de que a inflação está e continuará sob controle, embora um choque de oferta de alimentos tenha contribuído para manter elevada a alta dos preços.

16 de maio de 2013

Leia mais:

BC fará o que for necessário para reduzir a inflação no 2º semestre, diz Tombini

Tudo o que sabemos sobre:

Banco CentralinflaçãoTombini

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.