Cuidado com o canto da sereia

José Paulo Kupfer

11 de maio de 2008 | 22h31

Quase todas as ditas “revistas semanais de informação”, algumas na capa, outras nos “slachs” de capa, chamam para textos sobre como ganhar dinheiro depois do “grau de investimento”. OK, sempre tem uma frase ou outra ressalvando os riscos de embarcar, sem preparo ou sem assessoria, na canoa da bolsa. Mas o tom geral é a de que atrás do trio elétrico da grana fácil só não vai quem já morreu.

OK, tem banco projetando uma valorização de 20% a 25% para o índice da Bolsa de São Paulo, daqui até o fim do ano. Mas há também especialistas certos de que uma parte do que poderia ser impulsionado pelo “grau de investimento” já foi antecipado e outros ainda temerosos com os efeitos do desenrolar da crise financeira internacional em curso no mercado brasileiro.

Moral da história: melhor tomar cuidado com o canto da sereia.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.