Liderança Lateral

carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Liderança Lateral

Claudia Miranda Gonçalves

06 de novembro de 2015 | 12h00

Agradecemos a Gunther Fuerstberger por este texto, especialmente escrito para nosso Blog, em que podemos tomar mais conhecimento das novas habilidades de liderança para contextos cada vez mais complexos. Ao final do texto, algumas linhas sobre este incrível profissional.

LIDERANÇA NA SOCIEDADE INTERCONECTADA

Recentemente, dei dois seminários de Liderança Lateral no Brasil – um em João Pessoa, outro em São Paulo. O que ficou claro nestes seminários – como naqueles que estamos entregando em vários outros países do mundo – é que os nossos modelos tradicionais de liderança não tem funcionado bem. Mas por quê?

Nossa sociedade – e junto com ela os nossos mercados – está se desenvolvendo em um mundo superconectado:

Em 1975, 1 bilhão de lugares (ou seja, casas, escritórios, etc.) estavam ligados uns aos outros, principalmente através de linhas de telefonia fixa.

Em 2000, já existiam 5 bilhões de conexões – agora ligando pessoas em vez de lugares, possibilitadas pela invenção de telefones celulares acessíveis para um grande público.

Em 2020 serão 50 bilhões de aparelhos conectados – ligando pessoas com pessoas, pessoas com aparelhos ou instalações e estes entre si! Isto é mais do que 5 vezes a população mundial projetada para aquele ano (7.82 bio).[1]

Este desenvolvimento causa mudanças em um ritmo cada vez mais acelerado, propulsionadas pelos seguintes fatores:

– Avanços na eficiência

– Inovações de mercados

– O desenvolvimento da produtividade

– Diversidade e inclusão crescente

Este entorno tem impacto no comportamento e nas expectativas das pessoas dentro e fora das empresas:

– Pessoas expressam suas culturas diferentes (da etnia, da sua geração ou segmento de mercado, por exemplo) para identificar a sua afiliação numa sociedade global

– Elas esperam uma conveniência cada vez maior de serviços, às suas mãos, 24 horas por dia, em todos os lugares

– E ganham um grau crescente de autonomia e influência no seu trabalho e nos mercados (trabalho a distância, empreendedorismo crescente e sharing economy como Uber e AirBnB)

Neste ambiente, o modelo de liderança hierárquica não é mais suficiente.

piramide

 

 

LIDERANÇA LATERAL – CONCEITO ESSENCIAL NA SOCIEDADE INTERCONECTADA

As grandes empresas – e milhares de start-ups já se engajaram com a necessidade de mudar a abordagem de liderança neste novo mundo. É tempo de argumentar em lugar de usar o poder ou força. Mas como fazer isto funcionar?

Um modelo de alto sucesso neste ambiente é o da Liderança Lateral.

A liderança lateral não se manifesta através da influência vertical, e sim pelas relações de cooperação horizontal. A intenção do conceito da liderança lateral é de alcançar objetivos junto com outros e criar situações “ganha-ganha”.

Em 2008, uma empresa farmacêutica Americana líder de mercado me procurou com a seguinte situação:

“Gastamos mais de $ 1 bilhão para desenvolver uma nova droga. Para colocar esta droga no mercado com sucesso, temos mais de 8 funções envolvidas, como assuntos científicos, regulação, vendas, marketing, gestores de pacientes. Estas pessoas trabalham em times multidisciplinares de expertos. Nenhum deles é o chefe hierárquico. A depender da fase e do tópico, a liderança tem que se mover continuamente de um experto para outro. Como podemos torna-los bem sucedidos como time neste ambiente competitivo e complexo?”

De lá para cá, muitas empresas em diferentes setores perceberam que a liderança hierárquica por si só já não basta.

 

piramide hor

 

AS HABILIDADES DE UM LÍDER LATERAL BEM SUCEDIDO

A construção destas novas relações exige o desenvolvimento de novas habilidades. Observações de longo prazo nas práticas corporativas e discussões com centenas de participantes de seminários em diversos lugares no mundo levaram, no final, à simples conclusão de que líderes laterais necessitam essencialmente de dois tipos de habilidades:

  • Habilidades analíticas e estratégicas
  • Habilidade de comunicação

O líder lateral precisa analisar a própria posição – ter papel e meta claros – e também as pessoas-chave e seu relacionamento com elas. Precisa se colocar no lugar de cada envolvido e olhar através de suas lentes em lugar de focar exclusivamente em seu próprios objetivos. Ao se olhar de fora da situação, o líder lateral pode ver o todo.

A IMPORTÂNCIA DA ABORDAGEM COMPREENSIVA

A implementação bem-sucedida da sua demanda em uma organização maior sem autoridade hierárquica requer a habilidade de avaliar a situação atual. Uma profunda análise da situação é a base para decisões sobre procedimentos adequados, táticas e a escolha de opções estratégicas.

Por outro lado, até a melhor estratégia não vai nos ajudar a progredir, se nós não conseguirmos trazer indivíduos e grupos para as nossas intenções. Isso pode ser conseguido somente através de uma comunicação efetiva, que estabelece e mantém relações robustas entre os envolvidos.

A maioria das abordagens sobre liderança lateral foca na comunicação e interação com os outros. Nossa experiência – e a dos participantes nos nossos seminários – é que esquecer o ambiente, ou seja a análise estratégica e tática da situação na qual o líder lateral atua, significa diminuir demais a sua chance de sucesso.

Liderar na sociedade interconectada exige uma caixa de ferramentas compreensiva do líder de hoje e amanhã. Conhecer e treinar estas ferramentas agora, significa estar preparado para o futuro!

 

gunther furstbergGUNTHER FUERSTBERGER é CEO do MDI – Management Development Institute (instituto de topo a nível mundial de desenvolvimento de liderança), Managing Partner de Metaforum (Alemanha) e é treinador e consultor.

Ele é especializado em liderança para gestores laterais, novos e avançados e já deu mais do que 1.500 dias de treinamento. Gunther é o iniciador da PersonaList.at (plataforma online para discussão e troca de experiências de pessoas de RH na Áustria) e autor do o livro “Self Leadership” (Auto-liderança).

MDI Management Development Institute

Rio de Janeiro (021) 997 353 811

brasil@mdi-training.com

 

footer MDI

[1] Dados da apresentação Leadership Aspects in the Networked Society, J. D. de Lara, palestra no workshop Liderança Lateral, SP, agosto 2015

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: