Brasil começa sem muito gás

Marili Ribeiro

22 de junho de 2009 | 09h57

Das três categorias que tiveram seus prêmios divulgados hoje em Cannes no Festival de Publicidade, o Brasil saiu vitorioso em apenas uma com um Leão. Foi a ação de Relações Públicas, que não tem subdivisão em Ouro, Prata e Bronze. A conquista foi da campanha criada pela Rede Globo para a divulgação da série de televisão Capitu. O que deu o troféu ao Brasil foi a ação na internet, através de rede social, que promovia uma leitura coletiva do clássico da obra de Machado de Assis.
O jurado brasileiro Andrew Greenlees, vice-presidente da empresa de comunicação corporativa CDN, batalhou para que os dois candidatos brasileiros que passaram para a listagem prévia fossem classificados. Conseguiu convencer os jurados em um deles, o que 50% de sucesso.”Os dois cases classificados pelo Brasil não ficaram devendo em nada aos outros concorrentes. Eram bem realizados. A ação de comunicação desenvolvida pela empresa SA Comunicação São Paulo obteve boa mobilização da cidade de São em torno do problema da dengue. Já o caso de divulgação da série a partir da obra Dom Casmurro, da TV Globo, fez um uso da mídia social de forma intensa a ponto de estimular a criação de comunidades para a leitura da obra de Machado de Assis”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.