Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Café com brigadeiro

Marili Ribeiro

24 de fevereiro de 2011 | 17h51

Para alavancar vendas vale bom gosto. Sempre. Nunca um apelo fácil. O consumidor não cai mais nessa, graças a rápida difusão de informações via redes sociais e afins. Na categoria bom gosto, uma das opções que marca presença, entre empresas de comida e bebida, é a degustação. Primeiro foram os vinhos. Depois, veio a tal da harmonização de uísque com carnes especiais. Aí, a indústria cervejeira aproveitou a deixa e partiu para criar degustação de marcas premium com petiscos de toda a ordem. Pois é, o café tinha ficado de fora. Não mais.

Por iniciativa da dona da Brigaderia – que vende brigadeiros embalados nas mais diversas formas e produzidos nos mais distintos sabores –, a Nespresso selecionou cafés para harmonizar com brigadeiros, de forma a lhes realçar o sabor. Resultado, as Brigaderias, instaladas nos shoppings Pátio, Paulista e Market Place além de, a partir de março, no Iguatemi, vão oferecer degustação de quatro opções: brigadeiro de pistache com Nespresso lungo leggero: brigadeiro de manga com expresso leggero, brigadeiro de frutas vermelhas com descaffeinato, e brigadeiro de capuccino com ristretto.

Como explica o barista Vitor Gabira, da Nespresso, os brasileiros estão aprendendo a degustar os diferentes café oferecidos, o que vem ampliando o mercado para experimentações, como a mistura de café com brigadeiro. Para curtir melhor a experiência, ele recomenda pôr a palma da mão sobre a xícara de café para que os aromas essenciais se desprendem. Com isso, se percebe o caráter primário da bebida. Depois é hora de absorver um gostoso gole de café (sem açúcar). Só aí vem uma colherada de brigadeiro seguida de café. O ritual vai permitir que os sabores do doce sejam realçados no céu da boca.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: