Comercial de lingerie entre mamadas

Marili Ribeiro

23 de maio de 2010 | 15h14

oito horas de estúdio

oito horas de estúdio

O pequeno Benjamin já está se acostumando com a agitada vida de estúdio, apesar de seus cinco meses. Durante as oito horas em que a mãe famosa posou para fotos e fez as filmagens de um comercial, ele permaneceu quieto, no colo da avó materna, esperando o momento de mamar.

A top model mais famosa do mundo, Gisele Bündchen, não abriu mão de alimentar seu filho com o jogador de futebol americano Tom Brady durante as gravações da propaganda de lingerie da marca Hope. Ela, que por seis anos foi garota-propaganda da marca de roupas íntima americana Victoria’s Secret, acaba de assinar contrato com a empresa 100% brasileira. O valor do contrato não foi revelado. Mas Gisele não costuma sair dos EUA por menos de US$ 5 milhões quando se trata de trabalhos publicitários.

A única condição exigida pela estrela é aprovar tudo que será divulgado a seu respeito. Assim, as fotos de bastidores publicadas nesta página têm o seu OK. Os que acompanharam o trabalho garantem que ela realmente está belíssima e não foram necessários retoques. Ela também enfrentou a maratona de gravações com bom humor.

A campanha, criada pela agência de publicidade Mood, teve o comercial rodado pela produtora Dínamo e as fotos das peças publicitárias assinadas pelo fotógrafo de moda Bob Wolfenson. O diretor de cena da Dínamo, João Simi, diz que a única preocupação foi poupar tempo. “Nos preocupamos em criar um clima bacana para que Gisele pudesse ser ela mesma em cena.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.