DM9 expande sem DDB

Marili Ribeiro

19 de setembro de 2011 | 20h48

Sergio Valente

 

Chegam ao mercado duas agências de propaganda regionais, DM9Rio e DM9Sul. Filhotes da DM9DDB, as novas agências perdem a assinatura da rede global americana DDB, integrante do conglomerado de serviços de marketing Omnicom.

Hoje, os americanos são sócios majoritários na agência brasileira que, por sua vez, faz parte do Grupo ABC. E, como reconhece o presidente da agência e sócio minoritário do ABC, Sérgio Valente, “essa nossa expansão pode, sim, criar um novo equilíbrio na sociedade. Mas vai depender do desempenho que viermos a ter nas novas unidades”.

Por enquanto, tudo fica como está. Valente enfatiza apenas que a abertura dos novos escritórios está em linha com a ambição de crescimento do Grupo ABC, assim como tem por objetivo atender a internacionalização dos clientes nacionais, que estão investindo em suas marcas em outros continentes. “Queremos acompanhar esse movimento.”

No caso da DM9Sul, a abertura decorre de a agência ter ganho a conta da fabricante de sapatos e de artigos esportivos Grupo Vulcabrás/Azaleia, dono das marcas Olympikus, Azaleia, Dijean e Opanka. Algumas dessas marcas já estão presentes no exterior e a agência vai cuidar do marketing institucional da holding. Já a DM9Rio abre as portas com as verbas de marketing das empresas Americanas.com, Submarino e Shoptime.

WPP do Brasil

O publicitário Nizan Guanaes, presidente do conselho de administração do Grupo ABC, tem repetido insistentemente ue pretende fazer do seu negócio no Brasil uma holding global, a exemplo das que dominam o mercado internacional de prestação de serviços de propaganda e marketing.

No meio publicitário, entretanto, especula-se que ele estaria sinalizando entrar para o gigante inglês do ramo WPP, comandado por Martin Sorrell. Consultado pelo Estado, pessoas do staff de Sorrell negam qualquer aproximação com o grupo brasileiro no momento, até por conta da sociedade com o rival Omnicom na rede DDB.

Valente, por seu lado, prefere não especular sobre o futuro, mas reconhece que a abertura da agência no Sul do País cria uma base de negócios para a DM9 na América Latina, favorecendo o atendimento de clientes na região. “Não penso em abrir um agência na Argentina, até porque a rede DDB já está presente por lá, mas temos de acompanhar o crescimento de nossos clientes no exterior.”

Estruturas locais

No início, as nova agências serão presididas por Valente, mas está em andamento um processo de seleção de profissionais locais para comandar a operação.

“São três agências que, em comum, compartilham os valores e características que fazem da DM9 uma marca nacional”, explica Valente. “Meu papel neste início é garantir a expansão da cultura organizacional. Porém, a equipe de colaboradores será 100% de talentos locais, com cariocas na DM9Rio e gaúchos na DM9Sul.”

A DM9 celebrou ontem 22 anos de existência. Nos planos, estão outras unidades nos próximos anos. Os sócios americanos estão sendo informados, mas não necessariamente convidados a participar.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.