carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Em defesa da marca

Marili Ribeiro

14 de maio de 2009 | 20h26

Ronaldo

O Corinthians vai entrar em campo na partida contra o Botafogo, no próximo domingo, com a camisa do timão assinada no peito pela marca Perdigão, no exato lugar onde a torcida já se habituava a ler Batavo, a marca que é a sua principal patrocinadora. A iniciativa faz parte de uma estratégia da empresa de alimentos para chamar atenção para a nova campanha publicitária. Nela anuncia a mudança de slogan: “Perdigão. Se é do coração, é de verdade”. Criada pela agência Young & Rubicam, a campanha vai ao ar mesmo diante da proximidade do fechamento de um negócio que levará a união da Perdigão com a eterna rival Sadia. Analistas e consultores de marca avaliam que a ação num momento tão crucial se justifica para dar visibilidade à sua assinatura. Afinal, ninguém arrisca dizer qual delas, se a Perdigão ou a Sadia, vai prevalecer após a união das duas megaempresas. Brincadeiras sobre o futuro nome da empresa estão na praça como, por exemplo, Sadigão. Na foto acima, uma simulação feita com a aplicação da logomarca da Perdigão sobre a marca Batavo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: