Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Modelito Sr Twitter

Marili Ribeiro

22 de outubro de 2009 | 01h02

Calça jeans. Camisa de sarja (que parece ter um número menor do aconselhado para seu tamanho) usada sobre camiseta despojada compõe o visual Biz Stone, o fundador do microblog Twitter. Essa aparência se soma a um ar de quem não leva o mundo dos negócios muito a sério, uma tendência que teve inicio com os garotos de bermuda do Vale do Silício nos EUA e que se consagrou nessa nova geração de empreendedores da era digital.

Veja o modelito do Sr Twitter na foto do post abaixo.

No último ano, é assim que se apresenta em todos os lugares que comparece. E não têm sido poucos. Entretanto, apesar do ar “não tô nem aí” o jovem empresário sabe fazer a lição de casa, e “faz bem o seu comercial”. O discurso pontua _ depois de enfatizar que o Twitter é o triunfo da humanidade e não da tecnologia, afinal patrocina o diálogo livre, em rede e em tempo real _ que o microblog é uma possibilidade de as marcas conversarem abertamente com os seus clientes. O Twitter ainda não tem publicidade, mas, se souber cativar a audiência crescente hoje em 45 milhões de cadastrados, poderá vir a ser uma mídia poderosa.

A palestra feita ontem no Brasil, a convite do Grupo TV1, empresa de serviços de marketing e comunicação, repete a apresentada, com humor e graça, na última edição do Festival Internacional de Publicidade de Cannes, em junho. O cara é bom de platéia. Já de modelito. O negócio que criou tem valor mínimo estimado de US$ 1 bilhão. Merecia, pelo menos, uma camisa no tamanho adequado.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: