Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Sadia versus Perdigão

Marili Ribeiro

09 de maio de 2009 | 18h54

Elas não se entendem, apesar das insistentes notícias de que vão se fundir sob a benção do BNDES. No plano do uso de recursos publicitários, o diálogo está difícil. Nas próximas semanas, o Conselho Nacional de Auto Regulação Publicitária (Conar) se reúne para avaliar uma queixa da Sadia contra a Perdigão. A primeira diz que a segunda não poderia ter feito uma campanha no Sul do País para vender sua linha de Pizza, fazendo uma brincadeira com a letra P, de Pizza e também de Perdigão. A Sadia se considera dona da idéia já que, há mais de uma década, começou a vender linguiça fazendo o produto virar um S (de Sadia) na frigideira. Os conselheiros do Conar vão decidir a quem cabe o direito do uso das letras do abecedário. Pode ser até que, bem antes disso, a Perdigão compre a Sadia e tudo acabe em “PiSSa”…

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: