Leões de hoje

Marili Ribeiro

23 de junho de 2009 | 15h48

No segundo dia de anúncio de resultados, o Brasil recupera fôlego na premiação do Festival de Publicidade e mostra, em qualidade, resultados superiores aos do ano passado. Até o momento, as agências brasileiras conquistaram 20 Leões, sendo quatro deles em Ouro.

Os critérios que definem os contemplados são diferentes de categoria para categoria. Assim, enquando em Rádio o júri foi duro e distribuiu apenas 15 Leões ­­_ o Brasil conquistou um Bronze para a campanha da agência AlmapBBDO para a Escola Panamericana de Arte e Design ­_ , na área de programação de midia, ou Media Lions, houve fartura de prêmios. Foram 122. Para se ter uma idéia, no ano anterior, com um número superior de inscrições, foram distribuídos apenas 55 troféus.

Os brasileiros se saíram bem, com seis troféus em Media Lions. Houve até um Ouro para a campanha da montadora Nissan, com o projeto criado pela agência Lew,LaraTBWA. A programação de mídia previa que os assinantes do jornal O Estado de S. Paulo montassem a primeira página do jornal com suas notícias preferidas, a partir de textos e arquivos enviados por e-mail.

A agência Wunderman, que criou ação de mídia para a Land Rover, e a DM9DDB, para a WWF Brasil, ficaram com Leões de Prata. Os três Bronzes foram para: a agência New Content, com uma campanha para o marca Becel; a Ponto de Criação, com criação para a Daimler Chrysler; e agência África, com a ação para os 50 anos do banco Itaú.
A outra cagtegoria que anunciou resultados ontem foi a de Outdoor. O Brasil manteve o desempenho em número do ano passado e conquistou cinco Leões. Três de Prata e dois de Bronze. Os Pratas ficaram com as agências DM9DDB, para o portal Terra Viagens e o outro para a JWT, pela campanha para a Johnson & Johson. Já os Bronzes são da MatosGrey para Sensodyne, e da AlmapBBDO pela campanha para a Bayer.

Ontem o Brasil ganhou um Leão em PR e amanhã deve ser oficializado os sete troféus conquistados em anúncios impressos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.