finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

TV bate recorde em faturamento de mídia

Marili Ribeiro

28 de fevereiro de 2011 | 01h15

O mercado publicitário cresceu 17,7% em 2010, movimentando R$ 29,1 bilhões aplicados pelos anunciantes em veículos de comunicação, segundo o levantamento do Projeto Inter-Meios. Quem mais faturou foi o meio televisão, que bateu recorde desde que o projeto começou a realizar esse estudo. Ficou com 62,9% do total investido em mídia no ano passado.

O Projeto Inter-Meios é coordenado pelo Grupo M&M em parceria com a PriceWaterhouseCoopers. A marca atingida pelas emissoras de televisão aberta, além de ser a maior desde o início do estudo em 1990, apresentou uma evolução de 21,6% sobre o ano anterior. Graças ao forte crescimento do números de assinantes, o meio TV por assinatura também apresentou evolução bastante positiva, com 22,9% a mais do que em 2010.

José Carlos Salles Neto, presidente do Grupo M&M, aponta como principal motivo para o bom desempenho do mercado publicitário em 2010 a Copa do Mundo, evento que movimenta milhões de reais e privilegia o meio TV. Já para 2011, Salles Neto prevê crescimento mais modesto, algo me torno de 10% sobre 2010.

Outro meio que segue crescendo com destaque é a internet, que liderou os resultados do estudo com crescimento de 27,9% no faturamento. Mas sua participação no bolo publicitário, no entanto, ainda é pequena, não supera 4,6% do total aplicado.

O meio Revista cresceu 14,9%; Mídia Exterior 16,2%, Rádio 10,9%, Cinema 12,9% e Jornal 3,4%. O único meio com desempenho negativo foi Guias e Listas, com -7,8%.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: