Um sacarrolhas de estilo

Marili Ribeiro

30 de julho de 2010 | 16h22

sacarrolhas

 

Chamar os designers Irmãos Campana para criar um objeto embute um espécie de ‘marketing de estilo’. Afinal, badalados nos circuitos que geram notícias simpáticas, eles costumam ser um bom investimento. Esta semana o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) apresentou oficialmente o sacarrolhas criado por eles. Na certa, é um objeto para se olhar. Obedece a dinâmica contorcionista que Fernando e Humberto Campana imprimem em muitas de seus obras.

Fabricado pela cutelaria da gaúcha Tramontina, o objeto será adotado como o ícone da marca Vinhos do Brasil / Wines From Brazil.  Será distribuído nos eventos de vinhos brasileiros no exterior e vai figurar  como logomarca em todo material promocional dos vinhos nacionais.

Na Tramontina, Fernando e Humberto Campana encontraram o artesão e escultor Elson Tiepo, responsável por produzir a obra criada  por eles, já que a parte superior do sacarrolhas  é artesanal e nenhuma máquina  industrial conseguiria reproduzir.  A peça levou quase um ano para ser desenvolvida.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.