Correios vão abrir novo concurso público com 2 mil vagas
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Correios vão abrir novo concurso público com 2 mil vagas

Estatal ainda trabalha no edital e deve publicar mais detalhes até o fim de agosto; há vagas para carteiro e operador de triagem

Economia & Negócios

29 de julho de 2015 | 14h13

1427134140813

Os preparativos para o novo concurso dos Correios estão na reta final. A estatal informa que está finalizando os ajustes para a publicação do edital e deve divulgar mais detalhes até o final de agosto. O concurso vai selecionar funcionários  para o cargo de agente dos Correios, nas atividades de carteiro e operador de triagem e transbordo (OTT).

Os aprovados na prova de conhecimentos terão de realizar um teste de esforço e, depois, um exame admissional.

O concurso vai selecionar cerca de 2 mil novos servidores, além da formação de cadastro de reserva para 11 Estados (AM, BA, MG, MS, MT, PE, PR, RJ, RS, SC, SP) e o DF. O regime de cadastro de reserva funciona como uma “fila de aprovados”. Não há um número determinado de vagas e as convocações acontecem de acordo com a necessidade da estatal.  Nos demais Estados, a empresa possui cadastro reserva do concurso de 2011, ainda vigente.

Do total de vagas, 10% serão reservadas para pessoas com deficiência e 20% para pessoas pretas e pardas.

O salário inicial para os operadores de triagem e transbordo, somado à gratificação (GIP), chega a R$ 1.284,00. No caso dos carteiros, há ainda o adicional de distribuição, elevando a remuneração para R$ 1.620,50.

Os admitidos terão benefícios como vale alimentação/refeição (de R$ 971,96 a R$ 1.092,48), vale-transporte, auxílio-creche ou auxílio babá, além de adicionais – de acordo com o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) – e a possibilidade de adesão ao Plano de Previdência Complementar.

LEIA MAIS:

Lucro dos Correios cai a R$ 9,9 milhões em 2014, o menor da história

Rombo do Postalis chega aos empregados

Mais conteúdo sobre:

carteiroconcursocorreiosedital