As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Governo federal prevê 63 mil novas vagas para cargos públicos em 2013

Economia & Negócios

31 de agosto de 2012 | 12h03

O governo federal prevê criar 63 mil vagas para cargos públicos em 2013. A previsão está no Projeto de Lei Orçamentária anual (Ploa) enviado na quinta-feira ao Congresso. O valor é 16,5% superior à expectativa no ano passado, quando o Orçamento previa a contratação de até 54 mil funcionários.

A autorização é de caráter meramente autorizativo, isto é, não implica na contratação automática. A cifra apenas informa o limite que o Orçamento daquele ano pode comportar. A partir daí, as contratações serão realizadas de acordo com as necessidades dos órgãos públicos. Segundo o Ministério do Planejamento, deste total, a previsão é que 61.682 vagas sejam preenchidas já no ano que vem, por meio de concurso público.

Das vagas previstas, 53 mil serão para preencher cargos no Executivo. A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, informou que cerca de 21 mil novas vagas serão para a área da Educação. “São cargos fundamentais para expansão da rede de universidades e alcançar a meta de institutos técnicos no país”, disse.

Os novos concursados trarão uma despesa extra de R$ 3 bilhões à folha de pagamento do governo. Esse valor será adicionado aos R$ 11,3 bilhões concedidos de reajuste salarial a cerca de 1,7 milhões de servidores, ativos e inativos, do Executivo. Os três poderes totalizam cerca de 1,9 milhão de servidores. A remuneração está atualmente em R$ 198,9 bilhões ao ano.

(Com informações da Agência Brasil)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.