Instituto Rio Branco abre 18 vagas de diplomata
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Instituto Rio Branco abre 18 vagas de diplomata

Economia & Negócios

17 de fevereiro de 2014 | 15h52

O Instituto Rio Branco abriu nesta segunda-feira, 17, um novo concurso para a carreira de diplomata. São 18 vagas, sendo uma reservada a candidatos com deficiência física. O salário oferecido é R$ 14.290,72.

É preciso ter diploma de ensino superior em qualquer área para concorrer a uma das vagas. A seleção possui três etapas. A primeira inclui uma prova objetiva de 73 questões sobre oito temas. Cada pergunta possui quatro itens, que deverão ser avaliados como certo ou errado.

Somente os aprovados nesta fase poderão fazer as demais. A segunda etapa terá uma prova escrita de Língua Portuguesa, e a terceira, outra prova escrita de cinco disciplinas, além de questões objetivas de espanhol e francês (veja a relação completa abaixo). A organizadora da prova é a Cespe/UNB (confira o edital).

Depois de aprovados, os novos diplomatas ainda terão de fazer um curso de formação em Brasília. As inscrições vão de 21 de fevereiro a 3 de março e custam R$ 180. A data provável de aplicação do exame é 6 de abril. A primeira fase será realizada nas capitais dos 26 Estados mais o Distrito Federal. As demais, somente nas capitais dos Estados onde houver aprovados.

O que faz um diplomata: representação, negociação, informação e proteção dos interesses brasileiros no campo internacional.

Primeira fase (questões objetivas – certo ou errado):

Língua Portuguesa

História do Brasil

História Mundial

Geografia

Política Internacional

Língua Inglesa

Noções de Economia

Noções de Direito

Direito Internacional Público

Segunda fase:

Prova escrita de  Língua Portuguesa

Terceira fase:

 – Prova escrita

História do Brasil

Geografia e Política Internacional

Língua Inglesa

Noções de Economia

Noções de Direito e Direito Internacional Público

 – Questões objetivas

Espanhol

Francês

Tudo o que sabemos sobre:

concursodiplomatainstituto rio branco

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.