Apesar da alta do juro, financiamento de automóveis cresce 10% em fevereiro

Yolanda Fordelone

21 de março de 2014 | 13h44

Ignorando a  alta de 3,5 pontos porcentuais do juro básico em um ano, o brasileiro financiou mais automóveis em fevereiro. O financiamento de veículos no País somou 505 mil unidades em fevereiro, uma alta de 10% na comparação com fevereiro de 2013. No acumulado de 2014, foram financiados 1,1 milhão de veículos, aumento de 3% em comparação ao ano anterior.

Em São Paulo, o maior mercado de financiamentos, foram 139.398 veículos, um aumento de 6,5% na comparação com os 130.829 veículos financiados em fevereiro de 2013. O levantamento é da Cetip, que opera o banco de dados privado Sistema Nacional de Gravames (SNG).

Do total de veículos financiados no estado no mês de fevereiro deste ano, foram comprados 95.390 carros de passeio, 4.790 caminhões, 20.296 comerciais leves, 16.308 motos, 1.113 ônibus e 871 outros tipos de veículos.

O que chama a atenção é a tendência de alta dos financiamentos mesmo com o aumento do juro básico Selic. Atualmente, a taxa está em 10,75% ao ano. Há 12 meses, estava em 7,25%. O juro serve como parâmetro para as demais taxas do sistema financeiro, inclusive para o crédito de automóveis.

Na região Sudeste, que engloba também Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, foram realizados 232.658 financiamentos em fevereiro.

O levantamento contempla veículos comercializados por crédito direto ao consumidor (CDC), leasing e autofinanciamento (consórcio). Nos empréstimos pessoais (CDC), os bancos já têm aumentado o juro.

Tudo o que sabemos sobre:

carrofinanciamento

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: