Após quatro meses de alta, venda de imóvel usado cai 12,8% em São Paulo

Yolanda Fordelone

21 de agosto de 2013 | 10h50

As vendas de imóveis usados caíram 12,8% em junho em relação a maio na cidade de São Paulo, interrompendo um ciclo de quatro meses seguidos de alta. Houve queda também no mercado de locação de imóveis residenciais, de 1,75%, a terceira seguida, segundo pesquisa feita com 427 imobiliárias pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (Creci-SP).

“É natural que haja um refluxo nas vendas quando os preços aumentam, num movimento de ajuste e acomodação do mercado que pode sancionar ou não a redução dos valores nos próximos meses”, o presidente do Creci-SP, afirma José Augusto Viana Neto.

Veja também:

Valor do aluguel em São Paulo sobe 1,01% em junho

Os preços do metro quadrado dos imóveis vendidos em junho aumentaram 7,32% em média na comparação com maio, mês em que os valores haviam baixado 1,41% e as vendas, crescido 7,96%.

Zona A: Alto da Boa Vista, Alto de Pinheiros, Brooklin (Velho), Campo Belo, Cidade Jardim, Higienópolis, Itaim Bibi, Jardim América, Jardim Anália Franco, Jardim Europa, Jardim França, Jardim Paulista, Ibirapuera, Moema, Morro dos Ingleses, Morumbi, Real Parque, Pacaembu, Perdizese e Vila Nova Conceição.

Zona B: Aclimação, Alto da Lapa, Alto de Santana, Brooklin, Cerqueira César, Chácara Flora, Alto da Lapa, Consolação, Granja Viana, Indianópolis, Jardim Guedala, Jardim Marajoara, Jardim Paulistano, Jardim São Bento, Jardim São Paulo, Paraíso, Pinheiros, Planalto Paulista, Pompéia, Sumaré, Sumarezinho, Vila Clementino, Vila Madalena, Vila Mariana, Vila Olímpia e Vila Sônia.

Zona C : Aeroporto, Água Branca, Bosque da Saúde, Barra Funda, Butantã, Cambuci, Chácara Santo Antônio, Cidade Universitária, Horto Florestal, Ipiranga (Museu), Jabaquara, Jardim Bonfiglioli, Jardim Prudência, Jardim Umuarama, Lapa, Mandaqui, Mirandópolis, Moóca, Santa Cecília, Santana, Santo Amaro, Saúde, Tucuruvi, Vila Alexandria, Vila Indiana, Vila Leopoldina, Vila Mascote, Vila Mazzei, Vila Romana, Vila Sofia e Tatuapé.

Zona D: Água Rasa, Americanópolis, Aricanduva, Bela Vista, Belém, Bom Retiro, Brás, Butantã (periferia), Campo Grande, Campos Elíseos, Carandiru, Casa Verde, Centro, Cidade Ademar, Cupecê, Freguesia do Ó, Glicério, Imirim, Itaberaba, Jaçanã, Jaguaré, Jardim Miriam, Liberdade, Limão, Pari, Penha, Pirituba, Rio Pequeno, Sacomã, Santa Efigênia, Sapopemba, Socorro, Tremembé, Veleiros, Vila Alpina, Vila Buarque, Vila Carrão, Vila Formosa, Vila Guilherme, Vila Maria, Vila Matilde, Vila Medeiros e Vila Prudente.

Zona E: Brasilândia, Campo Limpo, Cangaíba, Capão Redondo, Cidade Dutra, Ermelino Matarazzo, Grajaú, Guaianases, Itaim Paulista, Itaquera, Jardim Ângela, Jardim Brasil, Jardim São Luis, Lauzane Paulista, M’Boi Mirim, Parelheiros, Pedreira, Santo Amaro (periferia), São Mateus, São Miguel Paulista, Vila Arpoador, Vila Curuçá e Vila Nova Cachoeirinha.

Tudo o que sabemos sobre:

imóvel

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.