Grandes empresas dos EUA chegam à Bovespa

Tânia Rabello

26 de abril de 2010 | 19h53

A partir do segundo semestre desse ano estarão disponíveis na BM&FBovespa a compra de papéis (por meio de Brazilian Depositary Receipt – BDRs) de dez grande empresas americanas.

Apple, Google, Bank of America, ArcelorMittal, Goldman Sachs, Billiton Limited Common, Wal Mart, Exxon Mobil, McDonald’s e Pfizer foram as escolhidas pelo Deutsche Bank, que será o responsável pela venda dos papéis.
As ações serão vendidas como BDRs não patrocinados. Isso significa que os investidores não comprarão diretamente os papéis, mas recibos correspondentes às ações das companhias. Os recibos são de papéis que o Deutsche já mantém em custódia no mercado americano.

Pelas regras da CVM, como os papéis virão por meio de uma instituição e não diretamente da empresa emissora, as pessoas físicas não poderão comprar as ações pelo pregão da Bolsa. Terão de investir por meio de fundos de investimento, gestores de investimento asset management e corretoras.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.