Investidor que aplicou R$ 5 mil no IPO da OGX hoje teria R$ 212 na carteira; ações caíram 95,76%

Yolanda Fordelone

01 de julho de 2013 | 11h49

O investidor que apostou na abertura de capital da OGX em 2008 e, pensando no longo prazo, ainda está com os papeis perdeu 95,76% da sua aplicação nas ações. No IPO da empresa, as ações valiam R$ 11,31 e nesta segunda-feira, 1º de julho, chegaram ao piso de R$ 0,48, na mínima até as 12h50.

Em termos práticos, isso significa que se um investidor tivesse aplicado R$ 5 mil, hoje teria o equivalente a R$ 212 na carteira.

Hoje, a companhia divulgou fato relevante em que informa que não existe, no momento, tecnologia capaz de viabilizar economicamente qualquer investimento adicional para aumentar o perfil de produção nos três poços de petróleo do Campo de Tubarão Azul .

As ações foram lançadas em 2008 ao preços de R$ 1.131, mas posteriormente desdobradas em ações menores. Assim, cada ação da abertura de capital passou a valer R$ 11,31.

Por conta da notícia sobre os poços, hoje as ações já abriram em grande queda, conforme pode ser visto abaixo:

ogx.jpg

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

açõesOGX

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.